skip to Main Content

Cedro

Juniperus virginiana

COD: 60203416
Tamanho: 15 mL
Regular: R$ 77,00
Cons./Cliente*: R$ 58,00
PV: 15

*O preço mostrado está disponível para aqueles que estão cadastrados na dōTERRA Brasil. Cadastro pode ser concluído ao se clicar o botão Compre agora.

Descrição Aromática: Amadeirado, doce, acolhedor.

O óleo essencial de Cedro é extraído dos pedaços de madeira da árvore de cedro (Juniperus virginiana).

Os principais componentes desse óleo essencial são α-cedrene, cedrol, thujopsene. Cada um dos componentes atua de forma efetiva na nossa saúde de diversas maneiras.

Listaremos abaixo algumas das formas em que o Óleo de Cedro pode atuar:

  • Possui ação adstringente e antisséptica, atuando no tratamento de acnes, pele oleosa, cabelos oleosos ou com caspa, além de eczema, dermatite, psoríase e alopecia traumática. Além disso ele estimula produção de colágeno, elastina e ajuda a combater a celulite. Nesses casos faça massagem estética com um óleo vegetal.
  • Nos cabelos o óleo ajuda a fortalecer e estimular os folículos pilosos pois aumenta a circulação sanguínea no couro cabeludo, evitando assim a queda capilar.
  • O óleo atua também como antisséptico, anti-inflamatório, antiespasmódico, tem efeito sedativo e diurético. Dito isso, pode ajudar no tratamento de artrite, doenças inflamatórias, infecções pulmonares como asma e bronquite, imunidade baixa, insônia relacionada a estresse pois auxilia na liberação da melatonina, e também ajuda a diminuir retenção de líquidos.

Precauções e contraindicações:

Quando usado em alta concentração, o óleo de Cedro pode causar irritação na pele. O uso deve ser evitado por gestantes por estimular contrações.

Curiosidades: 

A espécie Cedro-do-Líbano era um dos produtos aromáticos mais utilizados como incenso nos templos da antiguidade, sua madeira foi utilizada para a construção do templo de Salomão e Davi, além de inúmeras embarcações. Na antiguidade ele era símbolo de resistência, longevidade, fertilidade, abundância e força espiritual. Como resultado da sua exploração constante ao longo da história, poucas árvores antigas restam no Líbano, mas farei uma analogia sobre a história de seu crescimento e o uso do óleo para o lado emocional.

O Cedro foi citado na Bíblia 75 vezes, como por exemplo em Salmos 92:12

“O justo florescerá como a palmeira, como o cedro do Líbano”.

Florescer significa dar frutos, crescer, amadurecer; dessa forma, o justo deve seguir o crescimento da árvore de Cedro, que começa com um crescimento lento, mas consistente. Nos primeiros três anos de vida, as raízes crescem até um metro e meio de profundidade, enquanto a planta tem somente cerca de cinco centímetros. Somente a partir do quarto ano é que a árvore começa a crescer. Isso nos ensina que primeiro devemos focar no crescimento interno, no lançar das raízes. Não há evidências externas, frutos consistentes, sem raízes fortes e profundas. Além disso, o Cedro-do-Líbano é muito resistente e suporta vento e calor. Suas raízes profundas buscam água nos lençóis freáticos e por isso ele não depende da chuva. Para crescer como o Cedro, não podemos depender das circunstâncias. Se tivermos raízes profundas conseguiremos passar por momentos de deserto com mais segurança. Quanto mais exercitarmos o amor ao próximo, a DEUS e a nós mesmos, mais profundas serão nossas raízes, e depois, no seu devido tempo, os frutos começarão a brotar naturalmente. Pois do amor todas as coisas fluem e tem sentido. Para finalizar, as raízes do Cedro quando dão de encontro a uma rocha no solo abraçam-na. Enquanto algumas raízes veem na rocha um impedimento para a sua expansão, para o cedro, é justamente o contrário. Quanto mais abraçado à rocha mais firme ficará. Para muitos o encontro com a rocha fará cessar o seu crescimento. Mas a rocha na verdade é quem fortalece a raiz.

Fazendo essa analogia a história do Cedro-do-Líbano, bem como analisando pesquisas da espécie Juniperus Virginiana sobre seu uso no âmbito emocional, quando inalado o óleo de Cedro traz uma sensação de estabilização e aterramento (senso de presença), força, amplifica a visão para ver o todo, ajuda a transformar crises em sabedoria e superação, ajuda a libertar o medo, estresse, preocupações e ansiedade, entendendo o papel de cada estação para o crescimento.